logo_ens
estatuto leia_carta_mensal podcast_catolico retiros diocese
divisoria_imagenssite_oficial_ensdivisoria_imagensvisita_papadivisoria_imagenssite_internacionaldivisoria_imagenscampanha_da_fraternidade_2017divisoria_imagens
Organização

   Uma equipe não pode viver isolada...

   O Movimento das Equipes de Nossa Senhora possui uma organização destinada a coordenar, animar, apoiar, servir e manter a sua unidade. Essa unidade é constituída e formada pelo desejo de progredirem juntos na fidelidade ao espírito e aos seus métodos.

   Organização Internacional

   A Equipe Responsável Internacional é a instância de responsabilidade geral do Movimento. A ERI, que trabalha em colegialidade é composta de cinco ou seis casais e de um Sacerdote Conselheiro Espiritual disponível para o Movimento. Essa formação é composta por casais de diferentes países, é um engajamento pessoal e não como representantes de seu país de origem. Seu tempo de exercício é de 6 anos.

   A ERI assume em colegiado, a responsabilidade do Movimento no mundo e exerce esse serviço em união estreita com os casais super-regionais. Tal tarefa é a de animar o Movimento no mundo todo, manter o Movimento ligado à Igreja universal, zelar pela fidelidade à instituição fundadora, exercer e garantir a unidade do Movimento, além da expansão em nível mundial.

   Super-Região

   A Super-Região agrupa as regiões de um país ou as regiões de paises vizinhos. A experiência tem mostrado que 200 equipes constituem uma boa base para permitir o funcionamento de uma Super-Região. "Casal Responsável da Super-Região" é o nome dado ao casal que assume essa responsabilidade. Ele convida outros casais, que no caso do Brasil é composto pelos Casais Provinciais, um Casal Tesoureiro/ Secretário, Casal Responsável pela Carta Mensal e um Casal de Comunicação, além do Conselheiro Espiritual que juntos formam a Equipe de Super-Região. Tendo como principal missão a responsabilidade de transmitir às equipes as grandes orientações do Movimento, de zelar pelo cumprimento de sua pedagogia e seus métodos, de manter a unidade do Movimento e a formação de quadros e dos equipistas, o Casal de Super-Região exerce essa função por cinco anos.

   Província

   Uma Província engloba algumas ou várias Regiões. No Brasil as Regiões foram agrupadas em sete Províncias, cada uma sob a responsabilidade de um casal denominado "Provincial" que também possui uma equipe de trabalho que é constituída pelos casais Regionais além do Conselheiro Espiritual.

   Região

   A Região agrupa vários setores quase sempre vizinhos, com o objetivo de ajuda mútua. É um lugar de comunicação e de comunhão entre os casais responsáveis de setor, os membros das equipes de setor e outros casais que assumem um serviço. Um casal é escolhido como "Responsável de Região" para exercer o serviço durante quatro anos. Com a ajuda de uma equipe e de um Conselheiro Espiritual ele responde a um objetivo comum de animação, ligação, formação, difusão, reflexão, discernimento e de construção da unidade entre as equipes da sua área.

   Setor

   O Setor é uma comunidade de equipes que querem caminhar juntas e se ajudar mutuamente nesse caminho. Elas formam uma unidade geográfica de cinco a vinte equipes. A responsabilidade do Setor é confiada a um casal, por convite do Movimento. Esse casal é chamado "Responsável de Setor" e é ajudado por "uma equipe de setor", constituída por alguns casais e um Sacerdote Conselheiro Espiritual. O tempo de serviço do casal Responsável de Setor é de três anos. A animação espiritual das equipes, a ligação entre elas, a formação, a organização de atividades e a difusão do Movimento são as suas principais funções.

   Equipe

   Uma equipe é constituída por cinco a sete casais e assistida por um sacerdote conselheiro espiritual. Os membros de uma equipe são cristãos unidos pelo Sacramento do Matrimônio validado aos olhos da Igreja Católica que: exprimem sua vontade de pertencer ao Movimento; aceitam tomar parte na vida comunitária da equipe e do Movimento; comprometem-se a ser fiéis ao espírito e a colocar em prática os métodos das Equipes de Nossa Senhora; respeitam a liberdade de consciência dos outros equipistas e as suas diferenças humanas e sociais; procuram viver na fidelidade ao Papa, seguindo a doutrina da Igreja.